Consórcio

Prestação do consórcio: entenda como é calculado o valor

Por 2 de janeiro de 2019 Sem Comentários
Powered by Rock Convert

Prestação do consórcio: entenda como é calculado o valor

Prestação do consórcio: entenda como é calculado o valor

O baixo valor da prestação do consórcio faz com que essa seja uma das melhores formas de adquirir bens. Embora vantajosa, muitas pessoas não param para pensar por que essa modalidade é tão acessível e como é feito o cálculo dessas prestações.

Pensando nisso, neste artigo vamos explicar cada uma dessas questões detalhadamente. Ficou interessado? Então continue a leitura!

Conheça as principais taxas de um consórcio

Mensalmente, no dia prefixado em contrato, os consorciados pagam a prestação do consórcio. Entretanto, como dissemos, nem sempre as pessoas sabem quais são as taxas que compõem as parcelas pagas. Por isso, nessa seção, faremos a descrição das principais. Veja:

  •  taxa de administração: valor cobrado para administrar os grupos de consorciados;
  • fundo de reserva: valor que protege o funcionamento contínuo do grupo por cobrir despesas eventuais e inadimplências;
  • seguro: benefício concedido aos consorciados (ou seus herdeiros, se for o caso), quando ocorrer algum sinistro;
  • fundo comum: saldo que tem como objetivo cobrir as contemplações mensais.

Embora sejam muitas taxas, esse é um valor pequeno se comparado com o que é pago em um financiamento. Isso porque o consórcio não tem juros.

Entenda como as taxas da prestação do consórcio são calculadas

Agora que você já conhece cada taxa, neste tópico vamos explicar, detalhadamente, como elas são calculadas. Confira a seguir!

A taxa de administração

Essa taxa é calculada sobre o valor total da carta de crédito adquirida, e seu valor é diluído pelos meses de duração do consórcio. Ou seja, se o contrato prevê uma taxa de administração correspondente a 10% do valor do bem e o plano de pagamento do consórcio é de 60 meses, o cálculo será:

  •  10% (do valor do bem) : 60 (meses) = 0,6667%  (do valor do total do bem será cobrado mensalmente para administradora realizar o gerenciamento do consórcio).

O fundo de reserva

Esse valor é calculado de forma muito parecida com a taxa de administração. Isto é, o valor do fundo de reserva equivale a um percentual do valor total da carta de crédito, e é diluído nas parcelas pagas mensalmente. Para exemplificar, se o fundo for 2% do valor da carta de crédito adquirida, o consorciado pagará:

  • 2% (do valor do bem) : 60 (meses)  = 0,0333%  (do valor do total do bem que será cobrado mensalmente).

O seguro

O seguro é um valor que depende de cada contrato, que também define como a cobrança acontecerá. Entretanto, podemos dizer que normalmente o valor do seguro é calculado sobre o saldo devedor. Desse modo, o consorciado deve estar atento aos acordos registrados no contrato antes de assiná-lo.

O fundo comum

Assim como as duas primeiras taxas, o fundo comum se baseia no montante da carta de crédito. Esse, entretanto, equivalerá a 100% da carta de crédito diluído pelo número de meses de duração do consórcio. Assim, em um consórcio de 60 meses:

  •  100% (valor total da carta de crédito) : 60 (meses) = 1,6667%  (do valor do total do bem que será cobrado mensalmente).

Vale ressaltar que  utilizamos apenas exemplos aqui. Portanto, o consorciado deve estar atento às especificidades do próprio contrato.

Encontre a prestação adequada para você

Seguramente, o consórcio é mais acessível que um financiamento e menos dispendioso. Ainda assim, é importante fazer um planejamento antes de fazer sua contratação. Para tanto, o ideal é que as prestações não comprometam mais do que 30% da sua renda familiar.

Como o plano de pagamento de consórcio sofre ajustes muito pequenos e previstos em contrato, é relativamente fácil fazer esse planejamento.

Compreenda a taxa de adesão

A taxa de adesão é mesma coisa que a taxa de administração antecipada, e obedece às regras vigentes do grupo. Assim, ela pode ou não ser cobrada, sendo permitida por lei.

A prestação do consórcio envolve muitas taxar que, embora sejam valores menores, precisam ser analisadas antes da assinatura do contrato para assegurar que você está fazendo um bom negócio. Portanto, é fundamental compreender quais são elas e como são realizados os cálculos.

Quer entender melhor como um consórcio funciona? Então entre em contato com a gente para saber mais!

Consulta SPC

Como funciona a consulta SPC

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

Este blog foi elaborado com objetivo de apoiar o seu processo de desenvolvimento em vendas de consórcios Rodobens. Aqui você encontrara as informações necessárias para aumentar suas vendas de consórcios Rodobens.

Nosso objetivo e oferecer autonomia para que você escolha os momentos mais adequados para acessar estes conteúdos, adaptando a sua disponibilidade de tempo e ritmo de aprendizagem.

Lembre-se de que o processo de aprendizado não acaba aqui: reveja esse material ou retorne ao curso quantas vezes forem necessárias. O importante é que você consiga aumentar as suas vendas e ganhos.